CotidianoEntretenimentoSaltoUtilidade Pública

Salto é a primeira cidade a receber a Virada SP 100% online

Em breve, vamos celebrar a Virada SP presencial no nosso município mas até lá a cultura não pode parar

A cidade de Salto recebe entre os dias 22 e 23 agosto, a primeira edição da Virada SP no formato online. Serão mais de 12 horas de diversas atrações culturais, com início às 16h, e será transmitida pela plataforma de streaming e vídeo #CulturaEmCasa. O evento é uma iniciativa da Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado, e com a organização social Amigos da Arte.

Em março deste ano, Salto receberia pela primeira vez a Virada SP, no entanto, por conta do Coronavírus, o evento precisou ser adiado, em respeito ás recomendações sanitárias. Em breve, quando a pandemia acabar, celebraremos esse grande evento cultural presencialmente, mas por enquanto, será realizado no formato digital.

Selecionada por meio de chamada pública no âmbito do programa Juntos pela Cultura, realizado pela Secretaria, a cidade de Salto recebeu o título de “Capital Cultural do Estado de São Paulo”, pela potência e pela diversidade de suas expressões culturais e pelo apoio da Prefeitura ao setor.

Paulo Miklos, um dos artistas selecionados para o evento, não esperava que a Virada SP de Salto de transformaria na primeira Virada SP Online. “Imaginamos em março que seriam algumas semanas de paralisia e já se passaram alguns meses”, conta ele. “Agora precisamos fazer neste novo formato, que tem tudo para alcançar um público ainda maior.”

“Com a impossibilidade de realizar o evento presencialmente, a Secretaria formulou a proposta de fazer a Virada SP no formato virtual, de modo a manter o evento em 2020, celebrar a força da cena cultural de Salto e ampliar o acesso da população a uma programação cultural de qualidade”, explica Sérgio Sá Leitão, secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo.

A Virada SP Online de Salto será uma maratona de mais de 12 horas com diversas atrações. Estão previstas lives de Paulo Miklos, DJ Dre Guazzelli, Marina Peralta e Walking Lions, entre outros, diretamente de suas casas.

Além disso, haverá também uma série de vídeos especiais de artistas como Elza Soares, Nando Reis, Ellen Oléria e Exaltasamba. Serão incluídos ainda 32 vídeos de artistas da cidade, selecionados no concurso Quarentena Cultural, realizado pela Secretaria de Cultura de Salto em abril deste ano.

A Virada SP Online ocorrerá também a partir do palco do Teatro Sérgio Cardoso, que em outubro completa 40 anos. Renato Rozendanz, artista saltense, será o âncora. Todo o conteúdo da Virada SP Online de Salto também ficará disponível na plataforma #CulturaEmCasa pós-evento, para exibição por demanda.

Haverá em 2020 outras 16 edições da Virada SP Online. As cidades serão selecionadas por meio de chamada pública no âmbito do programa Juntos pela Cultura, a ser lançada até o fim deste mês.

“Assim como os conteúdos do #CulturaEmCasa são amplos e diversos, a ViradaSP Online segue o DNA da plataforma e se caracteriza pela diversidade e pela qualidade. Será uma grande homenagem às diferentes linguagens da arte e uma celebração dos artistas de Salto”, afirma Danielle Nigromonte, diretora geral da Amigos da Arte.

Sobre #CulturaEmCasa

A plataforma de streaming #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade. O acesso é 100% gratuito. Nos três primeiros meses, registrou cerca de 1,2 milhão de acessos aos mais de 800 conteúdos disponibilizados.

O conteúdo é gerado pelas instituições culturais vinculadas à Secretaria, por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo.

Realizado pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin e Erasmo Carlos, entre outros. De sexta a domingo, também às 21h30.

A plataforma segue apresentando as lives do Intensivão #CulturaEmCasa (terças e quintas-feiras, às 17h). O Intensivão é uma série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty, Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento) e Antonio Carlos Neves Pinto (da Osesp).

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho o programa #Diálogos Necessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. O #Diálogos Necessários é veiculado todas as segundas e quartas-feiras, às 17h.

Na plataforma, também é possível acompanhar o #SPGastronomia, lançado no dia 6 de julho. De segunda a quinta-feira, às 19h30, chefs, nutricionistas e especialistas brindarão o público com aulas, receitas, histórias, curiosidades e debates sobre diversos temas relacionados à gastronomia de São Paulo. É uma grande vitrine da diversidade e da qualidade do setor. As lives têm nomes como Lucas Corazza, Mohamad Hindi, André Boccato, Morena Leite e Fábio Vieira.

A plataforma reúne também conteúdos inéditos de instituições ligadas à Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança, o Projeto Guri e a SP Companhia de Dança.

Serviço:

Site: http://www.culturaemcasa.com.br

Redes Sociais:

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close