ItuPolícia

Homem é preso tentando furtar medicamentos do PAM da Vila Martins

Quando a GCM chegou ao Pronto Atendimento, o suspeito deixava o local e resistiu a prisão.

Um homem foi preso, pela Guarda Civil Municipal de Itu, após tentar furtar medicamentos do Pronto Atendimento Municipal, no bairro Vila Martins, no início da madrugada desta quarta-feira (30).

Funcionários do PAM relataram à GCM que o homem, identificado como Alan Patrick dos Santos, de 40 anos, entrou na área restrita da sala de emergência e começou a pegar medicamentos e utensílios médicos. Ao ser confrontado por funcionários que trabalham na Central de Ambulância, o suspeito teria feito ameaças de agressão física.

Os Guardas envolvidos na ocorrência informaram que não são autorizados, pelo setor de comunicação da Prefeitura de Itu, a fornecer detalhes de ações policiais no município. No entanto, segundo o Boletim de Ocorrência, quando os agentes chegaram ao local, encontraram o suspeito saindo do prédio. Ele teria resistido a prisão e tentado quebrar o vidro da viatura durante transporte ao Plantão Policial. Os GCMs declararam a necessidade do uso de força moderada para imobilizar o indivíduo.

Dentre os objetos furtados estavam comprimidos, ampolas para injeção, agulhas e medicamentos para problemas respiratórios e bonquite.

Na delegacia, foi descoberto que o detido era reincidente, já possuindo passagens por outros furtos, roubo, danos ao patrimônio, lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo e cumprido seis anos de prisão por tráfico de drogas. O homem recebeu voz de prisão em flagrante por furto qualificado (art. 155) e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória de Sorocaba.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close