ItuPolícia

Suspeito de estuprar e espancar senhora de 55 anos, em Itu, já tentou matar outra mulher

Na época a vítima, que era ex-companheira, tinha mais de 60 anos.

Nodir Lídio dos Santos, de 45 anos, suspeito de estuprar e espancar uma senhora de 55 anos na madrugada do último sábado (27), em Itu, responde processo criminal desde 2015 por homicídio simples (art. 121). Nodir estava em liberdade condicional.

A reportagem da ITV teve acesso, com exclusividade, a um processo criminal, que Nodir Lídio dos Santos, responde desde setembro de 2015, quando foi preso em flagrante pela Guarda Civil Municipal após tentar matar Aparecida das Graças Palmério, idosa maior de sessenta anos e ex-companheira do acusado. No documento, a denúncia da promotoria diz que Nodir tentou tirar a vida da ex-mulher com golpes de capacete na cabeça, rosto e demais partes do corpo, causando ferimentos graves e não dando chances de defesa à vítima, que acabou sobrevivendo. Nodir foi a júri popular por homicídio simples (art. 121) — e não por tentativa de homicídio — pois a morte só não aconteceu por circunstâncias alheias à sua vontade. Segundo a promotoria, Nodir tinha plena consciência e intenção de matar. A denúncia explica ainda, que Nodir tinha incontestável superioridade de força física em relação à ex-companheira. Crime também ocorreu no bairro Quinta das Laranjeiras.

O acusado ficou preso preventivamente desde a detenção em flagrante, em 2015, até o julgamento em agosto do ano passado, cerca de onze meses. Depois de um longo júri e decisão pela condenação, o Juíz de Direito Hélio Villaça Furukawa sentenciou Nodir a dois anos e oito meses de prisão. No entanto, como o acusado era réu primário e já havia aguardado julgamento preso, decidiu-se que Nodir entraria em regime aberto, sob liberdade condicional. Uma das condições do benefício era de que o homem retornasse para casa antes das 23h e se apresentasse no fórum uma vez a cada dois meses. Além disso, Nodir não deveria se envolver com infrações criminais. Com a ocorrência deste sábado (27), Nodir voltará ao regime fechado e responderá por estupro (art. 213).

Contra Nodir, em 2014, também foi aberto um boletim de ocorrência de injúria (art. 140) e ameaça (art. 147). Porém, o acusado foi absolvido em março de 2015.

CASO:

A Polícia Militar prendeu, na noite desta segunda-feira (29), o suspeito de estuprar e espancar uma senhora de 55 anos, na madrugada do último sábado (27), em Itu.

Informações da PM dão conta que Nodir Lídio dos Santos, de 45 anos, estava escondido em uma residência na rua Professor Célio Figueiredo Silva, conhecida como rua Dois, do bairro Portal do Éden, usando um nome falso. Os policiais chegaram até o suspeito depois de uma denúncia anônima.

O suspeito trabalhava como vigilante em um condomínio de luxo. Segundo colegas, ele chegou a ir trabalhar na tarde desta segunda-feira, mas apresentou um atestado médico. Nodir ainda perguntou se — ninguém havia procurado por ele.

Nodir Lídio dos Santos foi apresentado por policiais da Força Tática no Plantão Policial de Itu e deverá ser autuado por estupro (art. 213) e lesão corporal (art. 129). Segundo a PM, o rapaz já havia sido preso por homicídio simples (art. 121) em 2015.

CRIME:

Segundo informações da família, a doméstica de 55 anos tinha acabado de sair de um bar, no bairro Portal do Éden em Itu, quando aceitou carona de um homem de moto, que ela já conhecia. Como era tarde e fazia frio, o rapaz entregou a própria jaqueta para a vítima, ligou a moto e começou a pilotar.

Ao invés de levar a doméstica para casa, o rapaz fez um caminho estranho até um local escuro do bairro Quinta das Laranjeiras e abusou sexualmente. A vítima disse aos familiares que o suspeito possuía uma faca. Após o abuso, a vítima foi espancada, mas conseguiu escapar e pedir ajuda. O suspeito conseguiu fugir do local, deixando a jaqueta emprestada com a vítima. A roupa era um uniforme de vigilante de um condomínio de luxo de Itu.

A doméstica foi socorrida até o Pronto Socorro e permanece internada. A família informou que a vítima teve traumatismo, mas que se encontra estável e foi transferida ao Hospital Regional de Sorocaba.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close