Itu

Salário dos vereadores será reduzido em 30% enquanto durar pandemia, em Itu

Redução começa a valer a partir de maio enquanto durarem os decretos municipais 3.488 e 3.452

Foi aprovada nesta quinta-feira (23), a resolução que propunha a redução do salário líquido dos vereadores de Itu em 30%, por conta da situação de calamidade pública gerada pelo Novo Coronavírus.

A votação aconteceu por videoconferência e optaram pela aceitação da proposta os vereadores: José Galvão, Maria do Carmo Piunti, Mané da Saúde, Dito Roque, Giva, Thiago Adautinho, Normino da Rádio, Luciano do Secom, Rodrigo Macruz, Sérgio Castanheira e Henrique de Paula. Ricardo Giordani não vota por ocupar a presidência da casa.

A economia gerada com a redução dos recursos deve ser usada apenas para ações e serviços públicos relativos ao combate à Covid-19, diz o documento. Esta redução acontecerá a partir do no mês de maio e ficará em vigor enquanto durarem os decretos municipais 3.488 e 3.452.

Durante a sessão, o vereador José Galvão sugeriu que o poder Poder Executivo também se posicione para uma possível redução de salário do prefeito, vice e secretários municipais.

Eu acho que nesse momento todos o poderes [executivo e legislativo] devem ter sua cota de participação e poder entender o momento difícil que o País, Cidade e Estado estão passando.”, declarou o edil durante sessão online.

2 MORTES POR COVID-19 EM ITU

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou duas mortes causadas pelo Novo Coronavírus em Itu. De acordo com o boletim, trata-se de uma mulher 69 anos e um homem de 88. Ambos tiveram primeiro atendimento em março com quadro de Covid-19.

MEDIDAS TOMADAS NA REGIÃO

Várias providências já foram tomadas em nossa região como forma de prevenção à Covid-19, entre elas estão:

  • Desinfecção de locais públicos;
  • Suspensão de aulas nas escolas particulares, públicas e faculdades;
  • Fechamento do comércio não essencial;
  • Barreiras sanitárias (apenas Porto Feliz);
  • Obrigatoriedade da utilização de máscaras em público (apenas Porto Feliz);
  • Instalação de tendas ao ar live para tratar pacientes com sintomas de infecção respiratória;
  • Suspensão de férias e licenças de profissionais ligados à saúde;
  • Suspensão do atendimento público não essencial;
  • Câmaras dos Vereadores organizam sessões plenárias não presenciais ou a portas fechadas para o público;
  • Missas e cultos transmitidos ao vivo pela internet a portas fechadas;
  • Suspensão do atendimento nos Fóruns e congelamento dos prazos processuais;
  • Redução das linhas do transporte coletivo;
  • Instalação de hospitais temporários;
  • Redução do salário dos vereadores em 30% (apenas Itu).
Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close