ItuPolícia

Mulher é presa acusada de matar filho de 10 meses no São Luiz em Itu

Presa pela Força Tática, ela confessou o crime e teria dito que cometeu-o pois a vítima não parava de chorar.

Uma mulher de 18 anos foi presa pela Força Tática da Polícia Militar acusada de matar o filho de apenas 10 meses, na manhã deste sábado (20), no bairro São Luiz, em Itu. O crime ocorreu durante a madrugada, por volta das 2 horas.

Segundo a PM, a acusada confessa tê-lo praticado após ter ingerido bebida alcoólica e ter feito o uso de entorpecentes, na casa de uma amiga. A PM também informou que o assassinato, mediante sufocamento, teria ocorrido porque a criança não parava de chorar. Por volta das sete horas da manhã, ao perceber que o bebê continuava desacordado, a detida levou-o até a casa da avó, e não tendo êxito em reanimá-lo, procuraram atendimento no Hospital São Camilo, mas a criança já estava sem vida. A Polícia foi acionada pela equipe médica.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o pai da vítima cumpre pena por tráfico de drogas e a mãe já havia sido denunciada anteriormente, na Delegacia de Defesa da Mulher de Itu, por maus tratos. O crime aconteceu na Rua Paulo Eduardo Xavier de Toledo.

Amanda Do Rosário Amaral não resistiu a prisão e foi atuada em flagrante por homicídio qualificado, ficando à disposição da justiça. Se condenada, poderá ser sentenciada entre seis a vinte anos de prisão.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close