ItuPolícia

Integrante de facção criminosa é presa com pistola 9 milímetros em Itu

Mulher tem pena de prisão a cumprir até 2037.

Policiais militares de Itu prenderam, na tarde do último sábado, uma mulher suspeita de integrar facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios, no bairro Cidade Nova. Com ela, arma e drogas foram encontradas.

A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de que uma mulher foragida da justiça conhecida como “patroa do tráfico” estaria escondida na rua Votorantim. A moça, moradora de Sorocaba (SP), era investigada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) e tem pena de prisão a cumprir até 2037 pelos crimes de tráfico de drogas e associação com a facção criminosa conhecida por Primeiro Comando da Capital.

Com a informação da residência que a foragida poderia estar escondida no endereço, em Itu, os militares prosseguiram até o local e encontraram a mulher escondida em um dos quartos. Aos policiais, ela confirmou a situação judicial.

No mesmo imóvel, os agentes localizaram uma pistola importada, calibre 9 milímetros, com 4 munições e numeração raspada e 278 micro tubos de cocaína. 769 micro tubos vazios também foram encontrados.

Evelyn Aparecida Pironi, de 27 anos, foi encaminhada ao Plantão Policial de Itu e será enviada, novamente, ao sistema penitenciário.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close