ItuPolícia

Mulher é gravemente ferida por pipa com cerol em Itu

Brincadeira, que parece inofensiva, é um perigo para quem anda de moto e bicicleta.

No final da tarde desta quinta-feira (15) uma mulher ficou gravemente ferida após ser atingida no pescoço por uma linha de cerol, enquanto trafegava pela Rodovia Waldomiro Corrêa de Camargo, a SP-79, no Bairro Vila Martins em Itu.

Segundo testemunhas, ela pilotava com capacete. Entretanto, a motocicleta não possuía a antena, aparelho de segurança necessário para evitar esse tipo de acidente.

Com um corte profundo no pescoço, a moça foi socorrida consciente até o Posto de Atendimento Médico (PAM) da Vila Martins onde foram realizados os procedimentos médicos para suturar o ferimento.

A Polícia Militar Rodoviária registrou os fatos no 4º Distrito Policial e até o momento do fechamento desta reportagem nenhum suspeito foi detido pelo crime.

No Brasil, nos meses que correspondem aos períodos de férias escolares, é comum a realização de disputas entre as crianças para ver quem consegue cortar a linha do papagaio do outro, o que aumenta o risco de acidentes com o uso do cerol.

O uso deste artifício é crime, segundo a Lei 16246 de 22 de Outubro de 2009. A pena varia de três meses à um ano de prisão, podendo ser convertida em ações sociais. Quem for flagrado com cerol responde por lesão corporal culposa ou até homicídio culposo dependendo do caso.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close