ItuPolícia

Estupro coletivo: três são presos por abuso sexual em zona rural de Itu

Trio foi flagrado por policiais militares e GCMs no bairro Pinheirinho, na tarde deste sábado (02).

Três homens foram presos em uma ação conjunta entre policiais militares e guardas civis municipais na zona rural de Itu, nesta tarde de sábado (02). Eles são acusados de abusarem sexualmente de uma mulher.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima estava no bairro São Judas quando teria sido arrastada para dentro de um veículo pelos três criminosos. A mulher contou à polícia que teria sido ameaçada com uma arma de fogo e agredida com coronhadas na cabeça. Eles teriam seguido até uma estrada de terra no bairro Pinheirinho, onde o abuso sexual teria acontecido. Durante o crime, teriam sido vistos pelo caseiro de uma fazenda que chegou a ir até o grupo, mas fugiu quando viu que eles estavam armados e ligou para a PM.

Viaturas da Polícia Militar e GCM encontraram o trio ainda na estrada de terra. Quando perceberam que seriam abordados, os criminosos tentaram fugir para o meio do mato, mas acabaram presos. A arma que teria sido usada no crime foi jogada durante o corre-corre e não foi encontrada.

A Polícia informou que a vítima, de 32 anos, foi encaminhada ao Hospital, medicada e liberada. “Ela estava com cortes leves na região do rosto”, explicou a tenente Isabel da Polícia Militar. 

Os homens de 31, 37 e 25 anos, foram presos em flagrante e deverão responder por cárcere privado e estupro. Os três passarão por audiência de custódia nesta segunda-feira (04), quando um Juiz avaliará se aguardarão o julgamento presos ou em liberdade. (Colaborou: Fernando Vitarelli)

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
error: Direitos autorais: Conteúdo protegido!
Fechar

Opss... notamos que você tem um ad-block ativo

Produzir conteúdo jornalístico de qualidade no interior exige recursos.
A publicidade é a principal forma de financiamento da ITV. Para continuar, desative seu bloqueador de anúncios e recarregue a página.
Não se preocupe! Nossas propagandas não atrapalham a navegabilidade nem direcionam para sites maliciosos.

Close